sexta-feira, 31 de julho de 2015

Silêncio...

E fez-se pedra
Onde havia um coração
E fez-se deserto
Onde existia amor

Fez-se sombra
Onde existiam dias de sol
Os risos se foram
E só ficaram lágrimas...

Fez-se silêncio
Onde antes havia festa
Fez-se dor...

Virou solidão
O que antes era eterno encontro
Acabou o encanto
Restou frustração...

Nenhum comentário:

Postar um comentário