segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Princípio, meio e fim... O fim?

Os reencontros
E por vezes os desencontros
Nos levam a começar ou a terminar
O que muito queremos...

No princípio somos verbos
Mas, e no fim, o que seremos?
Existe mesmo um fim?
Ou apenas mudamos o foco...

Quantas dúvidas temos,
E como sofremos com cada uma delas...
Nos preocupamos demais com o fim,
Esquecemos do durante, o meio...

Busca-se amor eterno,
Mas esquece-se de que a eternidade desse amor
E sua continuidade nada mais é do que manter o meio
Ter um foco, ser feliz...

No princípio juramos amor eterno,
No meio ficamos desleixados...
E o fim torna-se inevitável e inerente...
Mas será mesmo o fim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário