domingo, 3 de abril de 2016

SEGREDOS

Me perguntas para quem escrevo
Mas a resposta é tão óbvia
Que seria inocência responder-te
Seria incoerência revelar-me...

Me incita a revelar segredos
E a expor sentimentos
Mas sabes bem por quem meu coração bate
E bem sabes onde agora estão meus pensamentos...

Me questiona,
Mas já sabes a resposta
Me pressiona,
Mas sabes bem que ficarei em silêncio

Por quê revelar segredos ao mundo?
Se o mundo é uma eterna fofoca...
Se o que ninguém sabe,
Ninguém estraga...

Me perguntas um nome,
Eu te respondo PAIXÃO...
Me pedes respostas...
E eu apenas te digo SEGREDOS DO CORAÇÃO...

De minha boca,
Nenhuma palavra sairá...
Mas em meus pensamentos e sonhos
É teu nome que eu grito em silêncio...

Nenhum comentário:

Postar um comentário